Previous Next

CENTRO DE CONHECIMENTO

Como ajustar o regulador de pressão?

O catálogo da Condor apresenta tabelas com todas as especificações técnicas de utilização dos reguladores. Consulte as tabelas e siga as orientações abaixo para uma leitura correta das informações.

Essa prática é de extrema importância para que você entenda o funcionamento dos reguladores de pressão e vazão e opere os equipamentos da maneira correta, evitando possíveis acidentes.

Nas tabelas de cada regulador, informamos dois dados de vazão máxima:

  • Vazão Qmax com pressões P1 e P2 (cilindro cheio e manopla ajustada em seu maior curso).
  • Vazão crítica Qcrítica com pressão de entrada P3 definida por norma: P3 = 2 x P2 + 1 bar.
    Refere-se à situação do cilindro praticamente vazio. É a vazão real a ser considerada.

As vazões máximas são medidas no terminal de saída do regulador de pressão. Mangueiras, válvulas e outros equipamentos conectados ao regulador podem reduzir a vazão informada.

No caso do GLP, por ser um gás liquefeito, com pressão interna no cilindro constante em 7 bar, não se mede a vazão com pressão de entrada crítica.

Reguladores de CO2 necessitam de uma fonte de aquecimento externa apropriada quando são requeridas vazões superiores a 16 LPM.



Descrição  Pressão Máx Entrada (bar) P1  Pressão Máx Saída (bar) P2  Pressão Crítica (bar) P3  Manômetro Baixa Pressão (bar)  Manômetro Alta Pressão (bar)  Manofluxo metro (LPM)  Vazão Max (m³/h)  Vazão Máx (LPM) 
MD 1,5 AC  25  1,5  2,5  40  30/14 
MD 4 GLP13  25  - 15
MD 4 GLP45 25  15 
MD 10 OX  230  10  21  16  315 - 155/54 
MD 10 NIT  230  10  21  16  315  - 155/54 
MD G 30 ARG  230  3,5  - 315  30 30 
MD G 30 CO2  230  3,5  - 315  30 30 

Publicado em

x
x

x

Loading..